por | jun 28, 2022

Descubra como iniciar uma jornada DevOps na sua empresa

DevOps é como uma convergência de áreas. Sua sigla faz menção direta a desenvolvimento e a operações, mas há uma terceira envolvida, a garantia de qualidade. 

Tudo isso junto sustenta a produção de softwares de alta qualidade e criados em ciclos reduzidos de desenvolvimento de sistemas. Na prática: fazer melhor e em menos tempo. 

DevOps também pode ser visto como uma forma de engenharia contínua, que busca definir métodos para criar um ambiente de criação de compilações, execução de testes e fazer deploys, ou seja, implantação de software. O monitoramento permanente e os feedbacks contínuos também estão presentes. 

De fato, DevOps não é necessariamente uma novidade, mas seu uso ainda está em expansão. 

Mesmo assim, percebemos números que representam que esta solução de TI está em alta: o princípio cloud-first, tendência em DevOps, já está na mira de 85% das organizações que adotarão um princípio de nuvem em primeiro lugar até 2025.

Mas antes de iniciar uma jornada de DevOps, saiba que você vai necessariamente precisar de alguns ingredientes: desenvolvimento ágil e uso de squads.

O Desenvolvimento Ágil, uma forma de gerenciar projetos de tecnologia da informação (TI) que se desenvolve em intervalos menores, com maior flexibilidade de suas equipes, mais permeabilidade a modificações e interações contínuas. 

O uso de Squads, em DevOps, é muito comum que os times sejam organizados sob formato de Squads. Cada um funciona como uma mini-startup e seu objetivo principal é a entrega de um produto mínimo viável (MVP).

Estes ‘squads’ são montados com especialistas de várias áreas, com uma hierarquia horizontal e podem ser combinados em tribos. Cada squad tem um product owner que define o que é prioritário e fomenta a eficiência de sua equipe.

Com tudo isso sobre a mesa, resta entender melhor quais são as vantagens para empresas que incluem DevOps no seu repertório, conhecer algumas práticas e seguir alguns passos para iniciar sua jornada DevOps. 

Quer saber tudo isso? É só seguir conosco. 

DevOps e seus benefícios para a empresa

A combinação de práticas como a metodologia ágil, o uso de Squads e uma filosofia cultural que privilegia automações e integração de processos com as equipes de tecnologia da informação só tem benefícios.

Equipes mais empoderadas, comunicação mais próxima e colaboração potencializada nas equipes são alguns. Mas entremos no detalhe dos maiores benefícios de DevOps para sua empresa?

#01 Implantações mais rápidas

Do Ágile, o DevOps aproveita a capacidade de trabalhar com equipes reduzidas, que atendem a requisitos prioritários em cada sprint e entregam um MVP. 

Ao invés de gerenciar projetos de desenvolvimento de softwares com tarefas em cascata, por meses, no DevOps os ciclos são mais curtos para que pequenos avanços possam ser testados antes de entregar o software final. 

#02 Menos tempo de recuperação

Como os sprints são caracterizados por ciclos de desenvolvimento mais breves, o DevOps entrega códigos que são testados antes, o que ajuda a detectar erros quando tudo ainda está no começo.

Um erro em programação é como uma bola de neve. É melhor resolver na hora em que seja identificado. Caso contrário, é preciso revisar uma quantidade de códigos muito mais extensa, se a falha for ignorada. 

#03 Equipes mais unidas

O conceito de DevOps tem tudo a ver com seus colaboradores. Nesta metodologia, suas equipes terão mais ferramentas para cooperação mútua e comunicação. 

Isso acontece porque, no Agile, os integrantes das equipes têm liberdade de decisão individual e porque as pessoas podem conversar e definir em pares, sem que seja preciso abrir qualquer requerimento para todo o grupo. 

#04  Melhoria contínua

Em DevOps, as equipes estão em permanente busca de processos, fluxos de trabalho, ferramentas e soluções que podem ser melhorados para conseguir fazer entregas tanto melhores como mais rápidas. 

Por sua vez, esta mesma busca gera uma cultura positiva, na qual verifica-se, na prática, os resultados das melhorias e como isso tem efeito na empresa e na satisfação dos clientes. 

#05 Compreensão do valor de um objetivo

Processos padronizados são a coisa mais comum em organizações, principalmente nas mais estabelecidas. Isso acaba gerando uma sensação de que, se atendemos o processo, estamos fazendo nossa obrigação. 

A única obrigação com a qual deveríamos nos comprometer é de atingir objetivos. Por exemplo, ao colocarmos o cliente no centro do processo, o objetivo se torna atender suas necessidades efetivamente. 

Com isso, a forma de trabalho muda e busca atender a uma necessidade específica, resolver um problema, propor uma nova funcionalidade e pensar fora da caixa. 

Conheça as práticas de DevOps para ganhos de agilidade

A capacidade de programação na nuvem entrega às equipes de DevOps uma flexibilidade incomparável na hora de desenvolver um software. Então, que tal aproveitar todo esse potencial on-Cloud para ser ainda mais ágil?

Confira algumas práticas que lhe colocam nessa direção:

Automatize a entrega de dados

Quando você automatiza a entrega de dados, cria um fluxo contínuo de informações de qualidade, inclusive nos contextos de testing. 

Dados obsoletos têm impacto na qualidade do software a entregar. Suas equipes, quando trabalham sobre a mesma base de informações, deixam de apoiar-se somente no que precisam para conseguir realizar um lançamento. 

De fato, você não deveria sequer se perguntar se os dados são os mais atuais, isso é uma condição primária para decisões eficientes. 

Elimine riscos

A mesma automação pode ser empregada para criar perfis e aplicar data anonymization em dados confidenciais. Estes são os principais pilares de um programa holístico quando pensamos em governança de informações. 

Você pode aplicar data masks baseadas em APIs para, por exemplo, implementar a regulação que alguns algoritmos oferecem e tornar as informações que se deseja anônimas. 

A integridade referencial é fundamental para que testes mais extensivos aconteçam sem inconvenientes. 

Digitalize todos os dados que precisa usar

Com o perdão do trocadilho: “literalmente, virtualize” suas informações. É fundamental criar uma portabilidade de dados dentro do ambiente da nuvem e entre elas. 

Quanto mais fluido for o seu fluxo de informações, menos tempo suas equipes vão perder. Ser ágil, atualmente, significa ter todos os dados na hora, independentes de onde eles estejam armazenados. 

Sua jornada de DevOps começa com a conscientização sobre o que comentamos hoje. O próximo passo? Pensar em como é feita uma jornada de implementação de DevOps em sua organização. Mas, sobre isso, vamos lhe falar em outro artigo!

Gostou do conteúdo? Compartilhe com quem deve iniciar uma jornada DevOps. Para receber mais conteúdos como este gratuitamente no seu e-mails, se-inscreva em nossa Newslleter.

 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cadastre o seu e-mail para receber os nossos conteúdos